Atraente, mas insegura

Não sou o tipo físico que meu noivo gosta

2020.10.13 03:32 marcelafcn Não sou o tipo físico que meu noivo gosta

Eu sou uma morena clara, faço mais o estilo panicat. Meu noivo gosta de loira, magrinha, branquinha, pouco peito, pouca bunda. Todas as ex dele parecem gêmeas. Sei que ele gosta de mim pela personalidade, convivendo como amigos muito tempo. Justamente pq fomos amigos um dia que já ouvi da boca dele qual o tipo que o atrai. Meu cabelo é liso e bem preto, uma dia vi um fio de cabelo loiro e cacheado no carro dele, depois descobri que não era nada, mas me deixou pensativa. Veio o medo dele cansar de mim por não ter tesão sei lá. Pode parecer muito fútil, mas gostaria que ele me achasse uma mulher atraente, a opinião do homem que eu amo me importa. Isso me deixa muito insegura! Obs: não sou louca ciumenta pela insegurança ok
submitted by marcelafcn to desabafos [link] [comments]


2020.07.25 02:30 kihsik Enviei um nude pro meu namorado e agora não paro de chorar

Enviei uma foto, um nude pro meu namorado ele nunca tinha visto essa parte do meu corpo... Só que agora não paro de me sentir mal, mesmo que a reação dele tenha sido positiva. A culpa não é dele por eu estar me sentindo assim, eu me sinto sem propósito e errada por ter feito isso...Como se eu fosse vazia,me sinto muito impura.Me dói pensar que não posso voltar atrás parece que eu perdi algo e não sou mais interessante, sem falar na sensação bosta de se sentir estranha e mal com o próprio corpo, me sinto insegura e a minha mente não para de ecoar me lembrando que sou 0 atraente. Tenho sérios problemas de autoestima, odeio alguns traços da minha personalidade, me sinto fraca por ser sensível e intensa pra caralho, odeio todo o meu corpo, todas as curvas e tudo que possui nele. Pelo fato de ter mandado o nude me sinto mais estranha que o normal em relação ao meu corpo, e com a autoestima baixíssima mas é como se tivesse algo errado especificamente no meu corpo, chego a ter nojo e me coloco no lugar do meu namorado e eu não sentiria nenhuma atração por mim mas quando é com outra pessoa com características parecidas com as minhas eu não vejo nada de errado e acho melhor que o meu corpo logo de cara, parece que o problema está especificamente por eu ser eu,mas não elimino a possibilidade de que possa ser q eu queria me encaixar em um padrão.
submitted by kihsik to desabafos [link] [comments]


2020.05.16 17:16 jadebem Às vezes eu queria voltar a ser "virgem"

Sou uma mulher na casa dos 30 anos, mas sempre me senti um espírito jovem, livre e sem tabus, o fato é que ultimamente (sem contar a pandemia, então digamos que até janeiro desse ano) eu tenho percebido que nas minhas relações sexuais eu não consigo mais ser surpreendida com nada! Tudo o que os homens fazem acaba sendo comum, sem muitas surpresas, eu diria que o sexo com outros homens é apenas "o.k" (o que não acontece com mulheres por exemplo, mas esse é outro tópico); Tenho um relacionamento aberto, moro com meu parceiro, sou bissexual e gosto muito de sair com outras pessoas, mas os homens... Eles não me surpreendem em NADA! Às vezes percebo que talvez esses homens não me achem atraente o suficiente para se esforçarem no sexo, e isso me deixa insegura, ainda mais pela minha idade, e às vezes queria apagar do meu "sistema" todas as informações sobre minhas experiências sexuais (que foram muitas) só pra poder sentir aquele friozinho na barriga de momentos antes da transa acontecer. Às vezes acontece com meu parceiro também, muito pouco, e sempre conversamos e estamos frequentemente tentando coisas novas, o que não é possível de se fazer com uma transa casual né. Enfim, eu lembrei esses dias de quando eu ainda era virgem, a cerca de 15 anos atrás, e no quanto eu idealizava o sexo sem conhecer realmente, e o quanto eu fiquei "viciada" nele no final da minha adolescência após minha primeira vez com meu primeiro namorado.
Obrigada para quem leu, realmente precisava "pôr pra fora" esse sentimento que talvez seja muito superficial para o momento que estamos vivendo.
submitted by jadebem to sexualidade [link] [comments]


2020.05.16 16:31 jadebem Às vezes eu queria ser virgem de novo

Bom dia redditers, primeiramente gostaria de dizer que sou nova aqui pelo reddit, mas essa subdivisão é a minha favorita, leio todos os dias e agora tomei coragem para desabafar também.
Sou uma mulher na casa dos 30 anos, mas sempre me senti um espírito jovem, livre e sem tabus, o fato é que ultimamente (sem contar a pandemia, então digamos que até janeiro desse ano) eu tenho percebido que nas minhas relações sexuais eu não consigo mais ser surpreendida com nada! Tudo o que os homens fazem acaba sendo comum, sem muitas surpresas, eu diria que o sexo com outros homens é apenas "o.k" (o que não acontece com mulheres por exemplo, mas esse é outro tópico); Tenho um relacionamento aberto, moro com meu parceiro, sou bissexual e gosto muito de sair com outras pessoas, mas os homens... Eles não me surpreendem em NADA! Às vezes percebo que talvez esses homens não me achem atraente o suficiente para se esforçarem no sexo, e isso me deixa insegura, ainda mais pela minha idade, e às vezes queria apagar do meu "sistema" todas as informações sobre minhas experiências sexuais (que foram muitas) só pra poder sentir aquele friozinho na barriga de momentos antes da transa acontecer. Às vezes acontece com meu parceiro também, muito pouco, e sempre conversamos e estamos frequentemente tentando coisas novas, o que não é possível de se fazer com uma transa casual né. Enfim, eu lembrei esses dias de quando eu ainda era virgem, a cerca de 15 anos atrás, e no quanto eu idealizava o sexo sem conhecer realmente, e o quanto eu fiquei "viciada" nele no final da minha adolescência após minha primeira vez com meu primeiro namorado.
Obrigada para quem leu, realmente precisava "pôr pra fora" esse sentimento que talvez seja muito superficial para o momento que estamos vivendo.
submitted by jadebem to desabafos [link] [comments]


2020.05.06 18:00 diogoman O falso discurso de mulheres que dizem que aparência não importa - Uma análise do textão da u/lawelaa com o que acontece na vida real

Ontem e usuária u/lawelaa postou um textão aqui na comunidade, que pode ser visto aqui neste link
https://www.reddit.com/sexualidade/comments/gdnzdw/homens_leiam_isso/
Em seu textão de desabafo e conselho, a usuária diz que elas, as mulheres, não acham aparência tão importante assim. Segundo ela, basta o homem ter atitude, andar bem vestido, e saber conversar, que as mulheres darão abertura.
Quando vejo esse tipo de textão, cedo ou tarde a pessoa autora cai em contradição.
A usuária escreveu como se as mulheres realmente não importassem com a aparência. Como se aparência fosse a última coisa que as mulheres como ela vissem, mas não.
Por conta do feminismo surgiu um tal de "empoderamento feminino", ao qual a mulher sabe muito bem que o poder de escolher o cara é totalmente dela. Ou seja, elas são disputadas pelos homens, e cabe a elas escolher qual cara querer. E todo mundo sabe que antes da mulher saber sobre caráter, inteligência, se o cara é companheiro, elas aprovam o cara pela aparência.
Pior disso tudo ainda é quando as mulheres falam que basta o cara se vestir bem e ser cheiroso, que vai ter a atenção delas.
Porém não é bem assim.
Vivemos num país altamente racista. Homens negros, pardos, com cabelos crespos, que são comumente retratados como "de periferia", sempre são deixados de lado, e automaticamente são colocados como "feios", enquanto homens brancos, de cabelos lisos, traços europeus, que são retratados como "de classe média", são mais disputados pelas mulheres.
O jogo de interesses no flerte também é racista.
É tão racista que aqui na comunidade tem uma mulher que se diz negra, gorda, e virgem aos 22 anos. Ela mesma disse que cresceu ouvindo dos outros que ela é feia. E ela mesma disse que não gosta de caras negros como ela, ou pardos, e ela mesma escolhe pela aparência.
Agora chego ao ponto em que a u/lawelaa cai em contradição: chamei a usuária pra conversar no privado. Mostrei minha foto e perguntei se realmente ela achava se as mulheres me dariam chance por me virem como um cara atraente. Ela disse no início que eu não era feio, mas "pegável", ou seja, ela disse de maneira educada que eu era feio. Após eu dizer pra ela o significado do termo por ela adotado, ela disse que meu problema era falta de confiança em mim mesmo, e disse que eu precisava de fazer terapia porque tinha autoestima baixa.
A contradição da usuária é nítida.
Primeiro ela diz que sou "pegavel". Depois diz que minha baixa autoestima é um problema meu.
Ela diz como se a confiança e autoestima são fatores exclusivamente internos.
Na cabeça dela, uma pessoa que passou a vida inteira sendo chamada de "pegavel" deveria ter confiança em si mesma de modo que isso não abalasse sua autoestima e até sua própria aceitação.
Nunca vi uma pessoa bonita ser insegura de sua aparência no que diz em relações amorosas e para flertes.
Concluindo, esse tipo de texto escrito pela usuária é hipócrita, ela fala como se mulheres não vissem a aparência, e não selecionassem pela aparência. E o pior, ela fala isso como se aparência não fosse importante, sendo que é sim, é tão importante que só depois da aparência que as mulheres vão ver se o cara tem o tal do caráter.
Sei que vai vir um monte de mulheres aqui dizendo que nós homens somos visuais, mas convenhamos, mulheres, vocês estão muito mais visuais que nós. Vocês não querem se relacionar com homens feios ou "pegáveis".
submitted by diogoman to sexualidade [link] [comments]


2020.04.25 06:51 hightee2 now

De frente ao espelho, não gosto. Não gosto. Não gosto.Sinto náuseas. Falta carne aqui, ali. Como meus ossos se sobressaem... minhas olheiras tão fundas, me sinto morta. Em decomposição.Meu corpo podre.De frente pra mim mesma, não gosto. Não gosto. Não gosto. Falta amor, falta paz.Meu corpo podre por fora, também está podre por dentro.Meus órgãos entrando em falência múltipla. Meu cérebro está desligando.Faz tempo que não me cuido devidamente...
Mas quem liga? Eu mesmo não. Pra quê deixar de abusar dos meus vícios quando pra mim este corpo é lixo ?Come, come, come. Bota tudo pra fora. Sente a culpa? Bulêmica assassina! Castigue-se, deixe seu corpo mais de 48 horas no ar. Sentir a sede, sentir a fome. Deixe que sinta o frio, o calor excessivo. Deixe-o que morra! Não aguenta mais? Durma duas horinhas pra compensar, ou melhor durma 17 horas seguidas pra quando acordar ainda estar exausta e morta de fome, mas seu corpo estará entrando em um colapso tão grande que se quer vai se levantar. Shiiiu... compulsiva de merda, seu corpo te agrada agora? Acho que não nos torturamos o bastante.
Entra na rede social daquela garota, veja como ela linda, diferente de você. Agora passe mais uma noite em claro procurando modos de engordar um pouco ali, emagrecer um pouco aqui, ficar atraente. Quando notar, terá passado semanas, meses, até mesmo anos nessa. Agora você está ansiosa, insegura, viciada em tudo que te supra essa frustração. E bem, estará enfim morta.
A beleza dói, não é!? A beleza mata.
submitted by hightee2 to desabafos [link] [comments]


2020.01.03 16:41 miouga_h Terminei meu relacionamento de 9 anos

Tenho 29 anos e já faz 6 meses q terminei um relacionamento de 9 anos. Sempre fui mto insegura e sofri bullying qnd era adolescente, então minha autoestima sempre foi mto baixa. Nunca tive amigos de vdd, e minha família é mto fechada e me deram uma educação mto rígida (por isso tenho mta dificuldade em expressar meus sentimentos e guardo p mim). Esse meu jeito passivo de ser atraiu mtas pessoas que se aproveitaram de mim em diversos aspectos.
E não foi mto diferente qnd comecei a namorar pela primeira vez. Ao msm tempo q eu fiquei mto feliz, sentia q algo não estava certo. Ele tbm era mto inseguro, mas ele demonstrava isso sendo extremamente tóxico. Ele tinha ciúmes de caras q fiquei no passado, não deixava eu usar certas roupas, não deixava eu passar esmalte vermelho pq dizia q era coisa de prostituta, dizia q eu nunca iria achar alguém melhor q ele, ele pedia dinheiro emprestado q eu tinha guardado na poupança pq ele tava sempre desempregado ou sem dinheiro, e dps nunca devolvia... enfim, teve outros tipos de abuso, inclusive sexual, mas não falo sobre isso c ngm.
Hj eu me sinto mto culpada por ter deixado isso acontecer cmg pq sei q isso aconteceu pq eu deixei. Enquanto namorava não percebia q estava em um relacionamento tóxico, pois ele nunca me bateu ou algo do tipo, e tivemos sim mtos momentos maravilhosos. E eu era tão alienada e burra q achava q td relacionamento era como o meu. Era sempre um ciclo de mto "amor", e dps mto ódio. A gnt terminava por qlqr coisa, pelo menos umas 3 vezes por ano, mas a carência batia mto forte e eu sempre pedia p voltar. Em 2017 ele foi morar em outro país p juntar uma grana, com o objetivo de casar, mas lá ele nunca parava em emprego nenhum e não conseguia guardar dinheiro, e ele só me ligava p reclamar dos colegas de trabalho e q não ganhava bem. Eu já tava ficando de saco cheio.
Enfim, em 2019 e dps de 2 anos de namoro a distancia, eu me mudei de cidade pra fazer uma segunda faculdade. Nesse tempo sozinha e conhecendo pessoas diferentes, finalmente percebi q meu relacionamento era tóxico. Terminei à distância e de forma mto incisiva, pq a gnt já tava tão acostumado a terminar q se eu não cortasse contato com ele a gnt nunca terminaria. E na hr fiquei arrasada, mas mto aliviada. Só q eu fui ficando cada vez mais triste e triste e tive crises de choro por dias seguidos. Fui fazer terapia, mas não ta ajudando tanto. Eu to me sentindo cada vez mais perdida pq dps de tanto tempo namorando, não sei quem eu sou de vdd. Tentei fazer amizade por apps e só fiquei no vácuo. Tds os meus colegas namoram, são casados com filhos, e eu não consigo fazer amizades. Minha família me ajuda mto financeiramente e sou mto grata por isso, mas na parte de apoio emocional é terrivel. O meu ex me isolou de td e de tds. To tentando me recompor sozinha, pq sei q sou a única responsável pela minha felicidade. Mas sinto q o mundo e a sociedade estão cada vez mais individualistas e é mto mais difícil ter laços fortes com as pessoas. Além disso ainda tenho mto medo de entrar em relacionamentos, mas até me arrisquei. Saí em festas com colegas, mas sinto q estou velha e q não sou mais atraente. Além disso, como sou mto introvertida, meus assuntos são meio limitados e não sou uma companhia mto divertida p sair. Além disso, esse ano de 2020 faço 30 anos e estou entrando em uma crise, pq não conquistei nada do que imaginava. Estou solteira, fazendo faculdade ainda, sem filhos. Não tenho amigos, crushes, nada msm. Já pensei em suicídio, mas não tenho coragem. Desculpa o texto gigante, mas precisava desabafar.
submitted by miouga_h to desabafos [link] [comments]